Hoje é dia dos vizinhos

11:31


Eu sou a comum pessoa que tem vizinhos cuscos, vizinhos barulhentos, vizinhos chatos e também vizinhos com rasgos de extrema simpatia. Sei que quando saio com o meu namorado ou com malas, quando durmo fora de casa, há vizinhos que gostam de assistir ao meu percurso desde o prédio ao carro, com a mala às costas. Não entendo porquê, deve-lhes dar gozo ver-me carregada ou então pensam “aquela galdéria vai dormir outra vez fora”. Não me importo de passar a imagem de galdéria ou certinha que faz tudo corretamente, o importante é o que os meus pais e avó pensam e, nisso, estou de consciência limpa e completamente tranquila.

Também tenho os vizinhos barulhentos que gostam de arrastar móveis  durante a noite e ouvir quizomba de madrugada. E pior, tenho aqueles que não arranjam a canalização e cada vez que abrem a torneira é uma chiadeira tal, que me deixa completamente irritada. Ou aqueles que não têm paciência para colocar óleo no estendal da roupa e me acordam cada vez que estendem roupa quando o sol ainda está a nascer (aos fins-de-semana).

Mas claro, também tenho aquela vizinha que, embora seja chatinha, me costuma deixar uns doces à porta de casa. Sempre que me vê a ir para o ginásio, deixa-me no puxador da porta um saco com chocolates ou gomas, ou então, só porque sim. É uma querida!

Apesar de tudo, sei que se algum dia precisar, os meus vizinhos vão lá estar e isso é o mais importante. E claro, se precisarem, também podem contar com a Audrey do 3º andar.

You Might Also Like

10 comentários

  1. É bom puder contar com a vizinhaça =) Eu gosto dos meus, mas também como moro numa casa o contacto não é tão direto!

    ResponderEliminar
  2. Tirando um caso, tenho os mesmos vizinhos desde que nasci e sempre tivemos uma boa relação. Como vivo em casa própria e não num apartamento, é verdade que, por vezes, passamos dias sem ver algumas pessoas, mas são quase como uma família. Sempre que é preciso estamos lá uns para os outros :)

    r: Obrigada! Também sinto, e sempre que leio aqueles textos quando é tempo de atualizar a rubrica essa falta é mais notória, assim como a vontade de ir por aí*

    ResponderEliminar
  3. Eu tenho alguns vizinhos chatos. como moro numa aldeia são considerados vizinhos todas as pessoas da minha rua. Mas depois tenho a melhor do mundo que é a minha tia-avó, que eu adoro :D

    ResponderEliminar
  4. Já estive numa situação como a tua. Hoje estou a viver num sítio mais recatado. E apesar das coisas boas que, muito de vez em quando, eles me proporcionavam (porque a maioria dos meus eram uma cambada de cuscos) é tão melhor assim.

    Gostei deste espaço!!

    Um beijinho

    ResponderEliminar
  5. Também não simpatizo muito com maior parte dos meus vizinhos, mas enfim...

    Beijinho, http://sonhossuaves.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  6. Há vizinhos dos mais variados tipos! Mas é sempre bom saber que se pode contar com eles :)

    ResponderEliminar
  7. Os meus vizinhos também são assim. Não me deixam dormir nunca ou porque têm a televisão muito alta ou porque simplesmente discutem a toda a hora. Mas que remédio temos nós que tolerar :)

    ResponderEliminar
  8. pelo que vejo os vizinhos dos prédios são iguais aos das casas, aqui pelo menos... são aquelas pessoas com quem convém que uma pessoa se dê bem senão fazem-nos a vida num inferno. mas a partir do momento em que se dão com alguém já se sentem no direito de saber tudo e mais alguma coisa das nossas vidas...

    ResponderEliminar