Os opostos

15:02


Estou completamente apaixonada por uma pessoa que é o oposto de mim. Bem, dizem que os opostos se atraem e que o amor não escolhe idade, religião, bla bla bla (tudo coisas muito bonitas de se dizer), mas não seria muito mais fácil ter uma pessoa parecida connosco?

Não sei, mas estar apaixonada por alguém que é o nosso oposto até é muito bom. Aprendemos coisas novas e a lidar com situações diferentes das que estamos habituados. O amor é assim mesmo. Sabe bem.

You Might Also Like

9 comentários

  1. Por vezes, não deve ser fácil lidar.
    Eu sou muito parecida com o meu namorado.
    Mas é por uma coisa em que somos diferentes, que nos damos bem. É que ele tem muita paciência para me aturar. Eu não, haha.

    ResponderEliminar
  2. Gostei da forma como você relatou uma coisa diária com uma certa poesia, espero que dê tudo certo e que vocês sejam felizes!

    a-cacheada.blogspot.com

    ResponderEliminar
  3. Eu já estive num relacionamento em que éramos opostos um do outro e era muito giro ahahah.
    Beijinhos :)
    https://dailyvlife.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  4. acho fantástica a ideia de estar com alguém completamente diferente. é óptimo ter coisas em comum mas ainda é melhor gostar de uma pessoa com ideais diferentes dos nossos, nunca existem limitações, existem sempre coisas novas para ver e aprender

    ResponderEliminar
  5. Por um lado, sabe bem sabermos que do outro lado temos alguém parecido connosco, porque vai compreender determinados aspetos com mais facilidade. No entanto, também é bom quando isso não acontece, porque alargamos horizontes.

    r: Muito obrigada! Não, minha querida, aquele texto é meramente ficcional :)

    ResponderEliminar
  6. O que interessa é estares bem e feliz :)

    ResponderEliminar
  7. your blog is very very pretty !

    would you like to follow each other
    Valentines day OOTD - here

    Check out my ♥Instagram ,Blog╚ovin and
    Google✚

    Stay Gold

    ResponderEliminar
  8. É verdade, mas acho que se não existirem alguns pontos em comum, por menores que sejam, deve ser complicado.

    ResponderEliminar